Como programar roteadores Cisco

Para quem nao sabia é possivel definir comandos nos roteadores Cisco usando uma linguagem de Script o conhecido TCL do mundo *.NIX (já tentei programar nesta linguagem anos atrás).

Quer dizer que é possivel automatizar diversas tarefas como diagnosticos, operações de entrada e saída etc.

Este tutorial dá uma visão geral sobre o assunto:

Exposição de projectos na UCAN. Haverá segunda volta

Parece mesmo que a ultima exposição de projectos na UCAN teve seu impacto. Teve tanto mais que a a associação de estudantes teve o ensejo de voltar a marcar mais uma exposição para Outubro ciente de alguma desorganização a que esteve voltada esta exposição.

Bem haja esta disposição do pessoal do 4 ano de Informatica, porque se esta foi emocionante a segunda muito mais o será.

Cabo submarino de fibra óptica interliga províncias do país

Luanda – O sistema de cabo submarino de fibra óptica, denominado “Adones”, encontra-se já interligado à rede nacional terrestre de telecomunicações, faltando apenas a sua exploração comercial, informou hoje, em Luanda, o presidente do conselho de administração da Angola Telecom, João Avelino.
O gestor, que falava durante a cerimónia de apresentação pública do projecto, que vem sendo implementado desde 2007, disse existir alguns constrangimentos na exploração do equipamento uma vez que o cabo tem sido alvo de destruição por parte das ancoras dos navios que operam ao longo da costa marítima.
Por esta razão, o presidente da Angola Telecom disse estar a dialogar com todos os actores que exercem a sua actividade no mar, na perspectiva de evitarem operar na zona por onde passou o cabo de fibra óptica.
Manuel Avelino disse que estão a trabalhar no sentido da inserção do trajecto do cabo de fibra óptica nas cartas marítimas, de modo que as companhias de navegação e outros operadores tenham conhecimento do local exacto por onde passou o cabo, para evitar a sua destruição.
O projecto de instalação do cabo que interliga a província de Cabinda a Cunene, através de vários cabos de amarração existentes nos locais por onde passou o cabo, custou até agora 80 milhões de dólares norte-americanos.
O cabo de fibra óptica, de cor amarela na sua parte exterior e protegida por uma liga de aço, foi instalada a uma profundidade inferior a mil metros.
As roturas causadas pelos operadores marítimos serão reparadas em breve. A exploração comercial do cabo inicia tão logo a empresa responsável pela instalação faça a entrega do projecto ao dono da obra.
Fonte: Angop