Como programar roteadores Cisco

Para quem nao sabia é possivel definir comandos nos roteadores Cisco usando uma linguagem de Script o conhecido TCL do mundo *.NIX (já tentei programar nesta linguagem anos atrás).

Quer dizer que é possivel automatizar diversas tarefas como diagnosticos, operações de entrada e saída etc.

Este tutorial dá uma visão geral sobre o assunto:

Ausente, mas nao desaparecido

bom devem ter notado a minha ausencia nas ultimas semanas. Estou ausente mas nao desaparecido e voltarei em breve assim que terminar os afazeres em que estou atarefado, que realmente ocupam o dia inteiro, o que me impede de postar aqui.

Central Telefonica Digital.

Bom, segue o PDF da apresentação realizada por mim na exposição de projectos na UCAN.

Exposição de projectos na UCAN. Haverá segunda volta

Parece mesmo que a ultima exposição de projectos na UCAN teve seu impacto. Teve tanto mais que a a associação de estudantes teve o ensejo de voltar a marcar mais uma exposição para Outubro ciente de alguma desorganização a que esteve voltada esta exposição.

Bem haja esta disposição do pessoal do 4 ano de Informatica, porque se esta foi emocionante a segunda muito mais o será.

Exposição de projectos na UCAN. O COG esteve lá

Bom, quer quiser saber alguma coisa de como correu a exposição de projectos na UCAN pode dar uma vista de olhos no blog do ultracognitivo.

Eu até que tentei cobrir, nao fosse no mesmo dia descobrir que a maquina fotografica deu pau.

Exposição de projectos na UCAN, amanha

Apenas para dizer que amanha dia 14-09-2009 alunos da faculdade de engenharia da UCAN realizarão exposições de projectos, no salão Nobre,Polo Palanca a partir das 09:00h (diurno).

Voltarei com mais informações.

Cabo submarino de fibra óptica interliga províncias do país

Luanda – O sistema de cabo submarino de fibra óptica, denominado “Adones”, encontra-se já interligado à rede nacional terrestre de telecomunicações, faltando apenas a sua exploração comercial, informou hoje, em Luanda, o presidente do conselho de administração da Angola Telecom, João Avelino.
O gestor, que falava durante a cerimónia de apresentação pública do projecto, que vem sendo implementado desde 2007, disse existir alguns constrangimentos na exploração do equipamento uma vez que o cabo tem sido alvo de destruição por parte das ancoras dos navios que operam ao longo da costa marítima.
Por esta razão, o presidente da Angola Telecom disse estar a dialogar com todos os actores que exercem a sua actividade no mar, na perspectiva de evitarem operar na zona por onde passou o cabo de fibra óptica.
Manuel Avelino disse que estão a trabalhar no sentido da inserção do trajecto do cabo de fibra óptica nas cartas marítimas, de modo que as companhias de navegação e outros operadores tenham conhecimento do local exacto por onde passou o cabo, para evitar a sua destruição.
O projecto de instalação do cabo que interliga a província de Cabinda a Cunene, através de vários cabos de amarração existentes nos locais por onde passou o cabo, custou até agora 80 milhões de dólares norte-americanos.
O cabo de fibra óptica, de cor amarela na sua parte exterior e protegida por uma liga de aço, foi instalada a uma profundidade inferior a mil metros.
As roturas causadas pelos operadores marítimos serão reparadas em breve. A exploração comercial do cabo inicia tão logo a empresa responsável pela instalação faça a entrega do projecto ao dono da obra.
Fonte: Angop

Projecto de modernização de telecomunicações avaliado em 1,2 biliões de dólares

O projecto de modernização e desenvolvimento das infra-estruturas da rede básica de telecomunicações, iniciado em 2006, está avaliado em um bilião e 200 milhões de dólares norte-americanos, informou hoje, o director nacional do sector Pedro Mendes.
De acordo com o responsável, que falava na cerimónia de apresentação do projecto de cabo submarino de fibra óptica, feita pela Angola Telecom, os investimentos que estão a ser feitos a nível do back bone (auto-estrada de telecomunicações) poderão contribuir na melhoria da qualidade de vida dos cidadãos.
Além dos serviços de voz, já disponíveis em grande escala, disse, a tecnologia que está em instalação permitirá a transmissão de dados e imagens em tempo real.
Por esta razão, o director nacional das telecomunicações defende a necessidade de se fazer manutenção e preservação destes equipamentos.
Segundo Pedro Mendes, os actuais constrangimentos na rede, sobretudo dos serviços de telefonia móvel, deve-se ao facto das infra-estruturas de serviço ainda não terem a robustez, segurança, e fiabilidade, visando a prestação de um serviço de qualidade.

Re-Roteamento Dinâmico em Redes TCP/IP com MPLS Utilizando NS (Network Simulator)

Este trabalho tem o propósito de mostrar as características do protocolo MPLS (Multiprotocol Label Switching) e o funcionamento do seu mecanismo de re-roteamento dinâmico, através da utilização do monitoramento de sessões LDP (Label Distribution Protocol), que é parte componente do protocolo MPLS. É realizado um estudo de caso avaliando o desempenho do protocolo MPLS em redes IP, através do simulador NS (Network Simulator) e de seu path MNS (MPLS Network Simulator). Os resultados obtidos com as simulações demonstram a eficiência do mecanismo de re-roteamento e os benefícios de se utilizar o protocolo MPLS, com impacto mínimo na infra-estrutura
da rede existente.

Download