Veja o video da explosao do satelite espiao americano

Foi reportado pelas principais cadeias de televisao do mundo. Felizmente estamos num novo paradigma (o da web 2.0) onde tudo é possivel. Pela primeira vez foi possivel assistir em directo a explosao dum satelite fora de orbita por um missil nao explosivo.

Estados Unidos destróem satélite espião à deriva

HONOLULU, EUA (AFP) – Um míssil lançado a partir de um navio de guerra norte-americano interceptou com sucesso um velho satélite espião dos Estados Unidos à deriva, para evitar, segundo o governo, que o mesmo caísse na Terra com o tanque cheio de combustível altamente tóxico.

“Aproximadamente às 10h26 de hoje (00h26 desta quinta-feira em Brasília), o ‘USS Lake Erie’, um navio de guerra da classe Aegis, disparou um míssil tático 3 que atingiu o satélite”, informou o Pentágono em um comunicado.

O satélite espião, do tamanho de um ônibus, estava à deriva e seu tanque continha hidrazina, um combustível para os motores dos satélites altamente tóxico.

O governo norte-americano indicou que o míssil foi lançado para derrubar o satélite espião e proteger a população, já que a hidrazina ataca o sistema nervoso central e pode ser mortal em fortes doses.

O governo de George W. Bush advertiu que sem esta iniciativa, o satélite avariado chegaria à atmosfera terrestre no dia 6 de março e cairia em um ponto imprevisível.

Um alto funcionário do Pentágono afirmou que o míssil parecia ter destruído o depósito de combustível que continha a hidrazina.

Mais

Mau tempo ameaça tentativa de derrubar satélite que se precipita para a Terra

Washington, 20 fev (EFE).- O mau tempo que impera no Pacífico Norte pode obrigar a interrupção da operação para derrubada do satélite espião com defeito que há várias semanas se precipita em direção à Terra, conforme divulgou o Pentágono.

A operação, prevista para hoje, consiste em disparar em direção ao satélite um míssil lançado a partir de um navio “Lake Erie”, da Marinha americana, antes que ele entre na atmosfera terrestre. A operação tem como objetivo desviá-lo em direção ao oceano.

O Departamento de Defesa indicou que a forte maré ao oeste da ilha do Havaí, onde se encontra a embarcação, é um obstáculo para concluir a operação.

“Não achamos que o tempo vá ser suficientemente bom”, segundo fontes do Pentágono.

No entanto, o Departamento de Defesa indicou que por enquanto não se tomou uma decisão definitiva e se o tempo melhorar ao longo do dia, a missão será levada a diante.

Mais

Satélite espião americano pode cair na Polônia

Varsóvia, 18 fev (EFE) – O Exército da Polônia está desde hoje preparado para agir, se for necessário, perante a possibilidade de que o satélite espião americano que ameaça cair na Terra possa atingir o país, assegurou um porta-voz do Ministério da Defesa.

Foi criado um grupo especial de trabalho que ficará a cargo de coordenar as medidas necessárias e de permanecer em contato com as autoridades militares americanas.

Na sexta-feira passada, o ministro da Defesa polonês, Bogdan Kilch, compareceu perante a imprensa para anunciar que, segundo informação recebida do Pentágono, o satélite poderia atingir a Polônia à altura do paralelo 52, onde se encontra a cidade de Varsóvia, entre outras localidades.

Kilch tentou tranqüilizar a população, depois que a emissora de rádio “RMF” divulgou a notícia, causando preocupação entre os cidadãos.

“Todos podem dormir tranqüilos porque o risco é mínimo”, disse então o titular da Defesa, que confirmou que o Executivo está em constante comunicação com as autoridades americanas para conhecer a evolução da trajetória do satélite e tomar as medidas necessárias.

Mais

EUA tentam tranqüilizar mundo sobre destruição de satélite espião

WASHINGTON (AFP) – Os Estados Unidos tentam nesta sexta-feira tranqüilizar o mundo sobre sua intenção de destruir um de seus satélites espiões, negando qualquer ligação com a destruição de um satélite no ano passado pela China.

O porta-voz do departamento de Estado Sean McCormack, informou nesta sexta que o governo americano enviou uma mensagem diplomática “para tranqüilizar os países do mundo inteiro sobre a natureza do que tentamos fazer”.

McCormack desmentiu o rumor de que os Estados Unidos estejam tentando proteger segredos tecnológicos do satélite ou demonstrando sua capacidade de destruir satélites no espaço, como fez a China em janeiro de 2007 quando derrubou um velho satélite meteorológico chinês com um míssil.

Mais

EUA planeiam destruir satélite espião que ameaça cair a Terra

Os militares norte-americanos planeiam destruir um satélite espião avariado e que ameaça colidir com a Terra dentro de semanas, adianta a agência de notícias AP, citada pela BBC e CNN.

Segundo a mesma fonte, que cita fontes da Administração norte-americana, o Pentágono está a estudar várias hipóteses para destruir o satélite antes deste entrar na atmosfera, mas a opção preferida passa pelo lançamento de um míssil modificado, a partir de um navio de guerra americano.

No mês passado, um alto comandante das forças armadas americanas revelou que o sofisticado satélite espião – designado como US 193 – ficou sem energia pouco depois de ser lançado, em Dezembro de 2006, deixando de obedecer ao controlo dos operadores em terra.

O mesmo responsável admitia que o tamanho do satélite faz prever que nem todos os seus componentes se desintegrem durante a reentrada na atmosfera, podendo colidir com o solo.
Mais