Linguagens de programação, cabelos e seus criadores

Um tipo muito engraçado que mantem um blog na Microsoft de Israel escreveu um artigo (deve ser a brincar) onde relaciona linguagens de programação, os seus criadores e o tipo de cabelo que eles ostentam.

Essa frase por exemplo é bastante engraçada:

Last time, I completely forgot about PHP by Rasmus Lerdorf. This language is rather popular and it is not because of it’s nature. See Rasmus face to understand why.

Anúncios

SAP adia lançamento de software novo depois de 1o tri fraco

FRANKFURT (Reuters) – A fabricante de software de negócios SAP anunciou resultados decepcionantes para o primeiro trimestre devido à desaceleração na economia dos Estados Unidos, e adiou as datas planejadas de lançamento de novos softwares, dos quais seus planos de crescimento dependiam, o que prejudicou suas ações.

A SAP atingiu o limite inferior de sua meta anual de crescimento de vendas de software e serviço, e manteve sua projeção de vendas, na quarta-feira, à medida que começa a integrar a Business Objects, a maior aquisição já realizada pelo grupo.

Mas a alta de 15 por cento nas vendas de software e serviços, o principal indicador de desempenho da SAP, ficou abaixo das expectativas do mercado.

Em termos de câmbio constante, a empresa informou que essa alta seria de 24 por cento.

A SAP informou que o mercado dos EUA estava difícil, ecoando comentários da rival Oracle, no mês passado.

“O mercado norte-americano foi mais difícil que o esperado, no primeiro trimestre”, disse o presidente-executivo Henning Kagermann em entrevista telefônica coletiva. “Continuamos a acompanhar o mercado dos EUA com muita atenção.”

Os resultados da SAP mantiveram a tendência desanimadora do setor de software no trimestre, que reverte a situação dos trimestres anteriores, quando os fornecedores de software empresarial pareciam protegidos contra os efeitos de uma desaceleração na economia norte-americana.

A Oracle anunciou vendas de software inferiores às esperadas, no mês passado, e alguns produtores de software de menor porte, como a Software AG, Lawson e Epicor também decepcionaram.

As ações da SAP caíram em 7 por cento do começo do ano para cá, e seu desempenho é 11 por cento inferior ao do índice europeu de tecnologia, mas a razão preço/lucro da ordem de 18, de acordo com a Reuters Estimates, ainda a torna comparativamente cara, diante do setor.

“Em meio a resultados pouco inspiradores e com contribuição fraca da Business Objects, acreditamos que os fatores de risco ainda pesem mais que as oportunidades”, afirmou Bernd Laux, analista da Chevreux.

Fonte: Yahoo

Hackers invadem site de revista francesa por pesquisa olímpica

PARIS (Reuters) – Hackers atacaram o site de uma revista francesa neste mês para tentar influenciar uma pesquisa de opinião sobre os Jogos Olímpicos de Pequim e mudar o conteúdo do site, disse nesta quarta-feira o dono da publicação.

Jean-Joel Gurviez disse que o site da revista econômica Capital foi atacado pela primeira vez em março, quando lançou uma pesquisa perguntando se a França deveria boicotar a cerimônia de abertura da Olimpíada na China.

“No primeiro dia, tivemos cerca de 300 respostas, o que era normal para esse tipo de pesquisa, e 80 por cento eram contra o boicote”, disse ele.

Quase todas as respostas chegaram a partir de servidores chineses, disse Gurviez, levando técnicos inicialmente a pensarem que o fluxo seria proveniente de sites chineses direcionando fãs patriotas.

“Mas alguns dias depois, nós tivemos hackers operando nos nossos servidores na China para tentar mudar o nosso conteúdo, e houve 2,5 milhões de tentativas de acessar os arquivos protegidos. Tivemos que desativar o site temporariamente”, disse ele.

Usuários da Internet na China congestionam a rede com comentários patrióticos na preparação para os Jogos de agosto, e criticaram a França por não ter garantido segurança adequada para a passagem da tocha olímpica por Paris.

Guerviez disse que a revista não tem provas concretas do ataque de hackers, mas registrou queixa na polícia.

“Os ataques aconteceram após os protestos da tocha, muitos tentaram colocar slogans pró-China, e todos vieram de computadores na China, então acho que está muito claro”, disse ele.

Fonte: Yahoo

As 25 mais valiosas startups de tecnologia

Muitas delas nem possuem 5 anos de existencia. Eis a lista:

1. Facebook $9 billion
2. Wikipedia $7 billion
3. Craigslist $5 billion
4. Betfair $5 billion
5. Mozilla Corp $4 billion
6. Yandex $3 billion
7. Webkinz $2 billion
8. LinkedIn $1.3 billion
9. Habbo $1.25 billion
10. Oanda $1.2 billion
11. Linden Lab $1.1 billion
12. Kayak $1 billion
13. QlikTech $850 million
14. Ning $560 million
15. Slide $550 million
16. TheLadders $500 million
17. Stardoll $450 million
18. Ozon $450 million
19. Thumbplay $400 million
20. Glam Media $400 million
21. Rock You $325 million
22. Tudou $300 million
23. Efficient Frontier $275 million
24. Zazzle $250 million
25. Spot Runner $250 million

Mas tem uma coisa de espantar: Algum de vocês ja viu em que espaço trabalha a craiglist (3ª posicao)? Uma sala pequena com alguns computadores. Só mesmo na America.

Fonte: Alleysinder

Hans Reiser: Julgado culpado por homicídio em primeiro grau

Saiu a decisão do Julgamento de Hans Reiser, criador do ReiserFS, acusado de premeditar e matar a ex-esposa (Nina Reiser). Acusado do crime, ele tomou atitudes que fariam o pai e a madrasta da Isabella parecerem Gênios do Crime, como comprar livros sobre homicídios e andar com o carro com sangue da vítima, sem o banco do passageiro, com sacos de lixo e fita adesiva, etc. Além do carpete recém-lavado.

Fonte: Meiobit

EULA é mesmo produto do mal.

As vezes acontecem coisas que sao estranhas e tao somente isso. Um grupo de Russos criou o malware Zeus, um ‘bicho malvado’ que infecta computadores. Ora, você pode infectar computadores usado o Zeus sem problema algum, mas se for para propositos comerciais de revenda você está sujeito a licença EULA. De lembrar que a Microsoft também usa a licenç EULA (End User Licence Agreement).

Era só o que nos faltava, os virus ja possuem licenças.

Bill Gates é contra o software livre

Ele é uma das pessoas para quem simples frases podem ter um efeito multiplicado, simplesmente devido ao seu status. Neste caso, quando o fundador da Microsoft resolve explicar publicamente porque ele decididamente se opõe aos softwares livres e a licença GPL, mesmo dentro de um discurso que não tem nada a ver, a novidade de qualquer modo faz um grande barulho.

E foi durante um discurso diante de profissionais da indústria farmacêutica, em Seattle nos EUA, que Bill Gates explicou a sua oposição ao software livre.

“Existe esta coisa chamada GPL, com a qual não estamos de acordo”, explicou o santo patrono da Microsoft. Segundo ele, esta licença é feita “de tal maneira que uma pessoa realmente não pode melhorar um software”. Ele também explicou que o modelo econômico utilizado com a licença GPL, geralmente a gratuidade total, não é viável e realmente não permite a construção de projetos sérios.

Este discurso não chega a ser uma surpresa dentro da boca de Bill Gates e até mesmo pela sua posição de fundador da Microsoft. De fato, a Microsoft tem multiplicado suas parcerias e promovido outras ações a favor do software livre, principalmente com Linux. Além disso, Bill Gates, que deverá deixar suas funções neste verão (hemisfério norte), não é conhecido por sua virulência em relação a concorrência, pois normalmente quem desempenha este papel é Steve Ballmer, o CEO da Microsoft.

Fonte: Forumpcs