Angolano Anivaldo Malungo obtém grau CCIE

Fomos hoje informados que o Eng André Anivaldo Malungo acaba de ser aprovado no dificílimo e conceituado exame Cisco CCIE R&S (Cisco Certified Internet Expert Routing and Switching) nos EUA.

André Anivaldo e o renomado instrutor Narbik Kocharians

André Anivaldo e o renomado instrutor Narbik Kocharians

Desta forma, este meu antigo colega de carteira, junta-se a um leque restrito de experts mundiais em computer networking que ostenta este grau, considerado o mais reputado, a nível mundial. Em Angola já são 3 (três). 2 (dois) Angolanos e 1 (um) Brasileiro.

O seu exame é de tal forma complexo, que são necessários 3 (três) exames teóricos e um exame prático (Laboratório) de 8 (oito) horas que apenas pode ser realizado em poucas cidades (San José, Dubai, Bangalore, Bruxelas, Hong Kong, Tokyo, Sidney etc) ou em alguns laboratórios moveis que circulam pelo mundo. A taxa de aprovação deste exame a nível mundial, na primeira tentativa é de apenas 5 a 10%. Apenas 1% dos profissionais de redes de computadores a nível mundial possuem tal certificação.

Isto significa que os nossos irmãos Angolanos se tem saído bem, até agora (são mesmo ‘rijos’ lol).

Nós SNNAngola apenas temos a dizer que é mais um quadro que está aí para o mercado, com esforço e dedicação próprio conseguiu lá chegar.

E você? Conhece mais algum CCIE Angolano? Não exite em contactar-nos (snnangola at yahoo.com.br)

 

Anúncios

Lista da Cisco de exames retirados e substituidos

Nao sei se tem empresa com tantos exames de certificaçao como a Cisco. As vezes procuramos nos enquadrar com uma tecnologia e por vezes isso passa por fazer um exame no meu caso estava interessado em tecnologias de comutacao SDH/SONET. Afinal ja nao existem exames da cisco cobrindo estas areas.

Uma boa fonte de informaçao sobre exames retirados ou substituidos pode ser encontrada neste link.

Marko Calasan de 8 anos é o mais jovem Profissional Certificado de TI da Microsoft

Já tinha falado aqui da menina Indiana de 9 anos que fez uma certificação da Microsoft. Desta vez um garoto da Macedonia Marko Calasan de apenas 8 anos bateu este record mundial ao completar uma certificação Microsoft. Gosta de matematica, fisica e astronomia, bem como ajuda os pais que sao tecnicos e professores de Informatica a resolver problemas. Outras vezes participa em debates complexos de informatica na Internet.

Pela sua capacidade recebeu como premio um lab com 15 computadores.

Agora eu pergunto. O que será este rapaz quando tiver 15 anos de idade? Um tecnico altamente capacitado. É o que digo é necessario abominar cada vez mais os hi5’s etc. Não é somente com cursos que vamos um dia ter tecnicos capacitados, é preciso também um bocado de ‘traquinice’ desenvolvida pelo gosto ao assunto, não pela mera obrigação.

Uma introdução ao Cisco Eagle-Server

Devo confessar que também nao o conhecia. O ano passado a Cisco Networks por meio da sua academia lançou junto com o curriculum CCNA v4, o Eagle-Server, um servidor Linux (Com KDE) que vem equipado com serviços de rede cliente/servidor prontinhos a serem usados numa academia. DNS, HTTP, Wiki, blogs, IM/IRC, FTP, TFTP, SSH etc.
Além de disso, depois de instalado como servidor no Eagle-Server alguns serviços servidores ja sao habilitados de inicio, facilitando trabalho ao administrador de redee instrutor que apenas precisa publicar o material para os alunos. Dois roteadores (com DNS R1-ISP e R2-ISP respectivamente) e uma switch (com DNS S1-Central) vêm habilitados de inicio.

O router R1-ISP tem a função de ligar-se ao eagle server via HTTP.
O router R2-ISP tem a função de prover serviços de DHCP e DNS, usernames e passwords aos alunos.

Possui uma rede primaria no endereço 192.168.254.0/24 e alguns hosts exemplos com DNS já atribuido. Com o serviço de TFTP fica facil a distribuição de arquivos de imagens de configuração para roteadores e o serviço de FTP possibilita a distribuição de arquivos compactados das aulas semestrais.

Na rede da academia, depois e instalado, os alunos podem ja ir baixando alguns softwares de redes por meio do Eagle-Server. Uma lista deles, promete:
WireShark – antigo ethereal, analisa pacotes em trafego na rede.
Apache – Servidor Web.
TWiki – Criação de Wikis.
Gaim – Chega de usar MSN.
Thunderbird – cliente de mail.
SolarWinds – conhecido tftp server.
TeraTerm – Terminal de acesso.

Para quê tudo isso? Eu também me perguntei. Logico, para analisar pacotes de camadas, por exemplo. Ao usar o Thunderbird você poderá analisar pacotes da camada de aplicação (do modelo OSI) com o Wirershark.

Nao existe muita informação sobre o Eagle dado este curriculum (CCNA V4) em si ser novo. Existe um paper em Ingles que pode ser baixado aqui, que foi a base deste texto. O Eagle pode ser usado até como um live CD, depois de se fazer o burning da imagem ISO num CD com 700 mb (use um programa como o Nero) , achei-o bastante acessivel e rapido, principalmente nas funções de detecção de rede. Penso que poderei dentro em breve vir com maiores informações sobre este assunto.

Google testa Google Health, sistema online que guarda cadastros médicos

ORLANDO (Reuters) – O Google está testando nos Estados Unidos um banco de dados online no qual indivíduos podem armazenar e obter acesso a suas fichas médicas, informou a companhia na quinta-feira.

Na semana passada, o Google anunciou que estava formando uma parceria com a Cleveland Clinic, um importante centro médico acadêmico, para testar um sistema de intercâmbio de dados médicos que, de acordo com o Google, entregará aos pacientes o controle sobre suas fichas médicas.

O sistema eletrônico permite que os pacientes controlem seus dados médicos e interajam com múltiplo médicos, prestadores de serviço de saúde e farmácias.

O Google afirmou que outros possíveis parceiros incluem a operadora de planos de saúde Aetna, o grupo de testes médicos Quest Diagnostics, as redes de drogarias Walgreens e Wal-Mart e hospitis.

Mais