Abrangência IP e a sumarização de rotas

Existem motivos muito fortes pelos quais voce necessita sumarizar ou agregar rotas. Um factor é que o processo de encaminhamento, introduz uma grande sobrecarga no sistema. Tendo o encaminhador que calcular mais rotas, maior é a sobrecarga. Outro motivo para sumarizar rotas é que ela acelera o processo de convergência em protocolos IGP (Interior Gateway Protocol) como o protocolo EIGRP. Observe a figura abaixo:

Stuck in active

Se o encaminhador 1 perde uma rota ele envia uma mensagem de solicitação e aguarda por uma mensagem de resposta. Quanto maior o numero de encaminhadores a frente de 1, menor é a probabilidade dele receber uma mensagem de resposta em menor tempo e dessa forma convergir rapidamente. Ja ensinamos num artigo anterior como sumarizar rotas. O problema que se coloca aqui é quando estamos em presença de redes algo descontínuas. O gerente do projecto entrega a voce 4 (quatro) rotas e solicita a sua sumarização. Como proceder? O exemplo abaixo dá uma dica sobre o assunto:

An engineer plans to configure summary routes with the ip summary-address
eigrp asn prefix maskcommand. Which of the following, when added to such a
command, would create a summary that includes all four of the following subnets:
10.1.100.0/25, 10.1.101.96/27, 10.1.101.224/28, and 10.1.100.128 /25?
a.  10.1.0.0  255.255.192.0
b. 10.1.64.0  255.255.192.0
c.  10.1.100.0  255.255.255.0
d. 10.1.98.0  255.255.252.0

Como se observa, estamos perante 4 redes algo descontínuas. Qual das seguintes alíneas corresponde a uma rede que satisfaça a sumarização delas?

Uma forma fácil de verificar isso é por fazer uma analise de abrangência. Para isso voce deve lembrar para que serve uma mascara de sub-rede. Ela não apenas serve para indicar o endereço de rede fazendo a operação matemática de AND com um determinado e válido endereço IP, mas também para determinar os limites ou a abrangência da sub-rede.

Repare: Se voce tem uma rede com o endereço 10.0.0.0/8 qual é a sua abrangência? Eu que sou experiente neste calculo digo que é de 10.0.0.0/8 a 10.255.255.255. Como provar? Simples: subtraia a mascara de sub-rede pela mascara todos 1 (255.255.255.255). Fica assim:

255.255.255.255
– 255.  0  .   0. 0
________________
0    . 255 . 255 . 255

Somar (OR) o endereço IP (10.0.0.0) ao resultado da subtração do todos 1 com a mascara de sub-rede:

  10 . 0  . 0   . 0
+ 0 .255.255.255
________________
10 . 255.255.255

Ou seja a rede vai de 10.0.0.0/255.0.0.0 a 10.255.255.255/255.0.0.0.

Respondendo a pergunta destacada anteriormente, voce pode repetir os passos que fizemos agora nas quatro alíneas para obter a resposta. Observe as redes em análise:

10.1.100.0/25, 10.1.101.96/27, 10.1.101.224/28, and 10.1.100.128 /25

Nota-se que a rede mais a direita ou seja com o endereço IP maior é 10.1.101.224/28, logo temos de encontrar uma sub-rede que abranja este endereço. Analisando a alínea d) temos: 10.1.98.0  255.255.252.0. Qual é a sua abrangência?

255.255.255.255 – 255.255.252.0 = 0.0.3.255

Somando: 10.1.98.0 + 0.0.3.255 = 10.1.101.255

Ou seja a sua abrangência vai de 10.1.98.0 a 10.1.101.255.

O endereço 10.1.101.224 está dentro desse intervalo, logo a alínea d) está correcta.

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Sumarização (agregação) de rotas em tabelas de roteamento

Existem nos roteadores responsaveis por encaminhar os pacotes pela Internet as chamadas tabelas de roteamento que possuem os caminhos pelo qual os pacotes entrando devem ser encaminhados para fora. Numa situação em que um roteador é muito solicitado para aprender novas rotas e encaminha-las a tabela de roteamento pode ficar sobrecarregada tal é a quantidade de entradas tornando o desempenho da CPU do roteador limitado.

A sumarização (agregação) de rotas veio tornar este processo mais simples, por de alguma forma simplificar as entradas na tabela de roteamento, tomando diversas rotas e transformando-a em apenas uma. O exemplo abaixo mostra 3 redes 192.168.3.0/24, 192.168.4.0/25 e 192.168.5.0/26 que podem ser agregadas em apenas uma. Qual, e como eis a questão:

route-summarization

O processo de sumarização (agregação) é simples. Basta transformar os endereços de rede acima em numeros binarios e agrupa-los e reparar da esquerda a direita o numero de bits iguais:

11000000.10101000.00000011.00000000 (192.168.3.0)
11000000.10101000.00000100.00000000 (192.168.4.0)
11000000.10101000.00000101.00000000 (192.168.5.0)

Estes bists iguais estão realçados em vermelho.

Basta agora contar o numero de bists em vermelho, esta será a nossa mascara de subrede ou seja /21 (21 bits a vermelho)e transformar os bits em vermelho em decimal, este será  o nosso endereço sumarizado:  192.168.0.0/21

Todos os bits que apareçam depois do vermelho sao desprezados.

Simples não?