Até em Angola so se fala no Facebook. Porque razao?

As ultimas analises que tenho feito em Angola, dão conta duma provável ‘mbaia’ a ser aplicada a rede Hi5 pelo Facebook. É que já ninguém pode esconder o crescimento do Facebook em Angola. Já ninguém pode esconder as dificuldades maiores em se usar o Hi5. O Facebook é mais rápido é mais funcional é mais limpo, é mais social, é mais usável.

Esta rapidez e maior facilidades do Facebook, entretanto, é um encapsulamento que esconde um grande esforço financeiro para manter uma equipe de engenharia que aposta em tecnologias abertas para conseguir manter e escalar uma plataforma que serve sem interrupções mais de 500 milhões de usuários no mundo todo 24h por dia 7 dias por semana todo ano.

A razão porque o Hi5 não consegue manter uma webapp mais funcional que o Facebook parece ser o facto de ter apostado em Java como frontend. De facto o Java em si, introduz robustez do lado do servidor, por outro lado ‘reclama’ um grande esforço para as aplicações clientes dos usuários, o que dá a falsa sensação de ‘pesado’ por parte do usuário.

O Facebook fez o contrario: Usou tecnologias (consultar fontes abaixo) web, triviais como PHP que não exigem grande esforço do lado dos clientes e reforçou o lado do servidor com técnicas de cache, softwares de escalabilidade de grandes blocos de dados, customizacao de aplicações servidoras, etc.

Isso não significa que o Facebook não utilize outras linguagens e plataformas. Eles usam. Mas usam apenas onde necessário. Tal como o pessoal da Google e do WordPress. Ao invez de recorrerem ao padrão, recorrem a necessidade e por isso conseguiram bons resultados.

Angola, naturalmente irá seguir este caminho de adopção rápida do Facebook. Com o crescimento surpreendente que tem registado até agora, é possível que dentro de pouco tempo tenhamos numeros muito próximos ou mesmo maiores que o Hi5. Talvez por isso a rede UNITEL com mais de 6 milhões de clientes tenha prometido para terça-feira o lançamento do Facebook SMS, um serviço que promete aos usuários com telemóvel acederem a partir do telemóvel o Facebook e poderem realizar diversas operações no Facebook com o envio de mensagens SMS.

Fontes:

Tecnologias usadas pelo Facebook: http://www.makeuseof.com/tag/facebook-work-nuts-bolts-technology-explained/