O que é a largura de banda?

A largura de banda pode ser definida como uma medida de capacidade dum circuito ou canal. Ela se refere a frequência ou ciclos (repetições) por segundo de uma determinada onda daí ser definido como o inverso do período. Existem basicamente 3 tipos de largura de banda: Banda estreita, Banda larga e Broadband.

Banda Estreita

Refere-se a canais ou circuitos que servem para transmitir a débitos binários bastante limitados. Geralmente no intervalo de bandas da voz entre os 300 – 3400 Hz no processo de amostragem a frequência máxima de 4000 Hz assume o valor de 8000 Hz como taxa de nyquist. Codificando com 8 bits temos então como debito binário dum canal digital 64 kbps ou seja 8000(1/s) x 8 bits = 64 kb/s. Na banda estreita funcionam por exemplo as linhas telefónicas do sistema de telefonia básica (POTS). No caso do RDIS temos 2 canais B com 64 kbps (kilobits per second) e um canal D com 16 kbps o que equivale a  um debito binário de 144 kbps.
Outra forma de se definir banda estreita é pensar como bandas que estão limitadas até 30 canais de voz a 64 kbps na norma E1 ou 24 canais de voz na norma T1.

Banda Larga

Como era de se esperar refere-se a canais ou circuitos com largura de banda superior a banda estreita. No domínio das frequências de radio o mesmo se refere a um canal que cobre um canal de frequências relativamente amplo.

Broadband

É um termo impreciso e que existem pessoas que preferem não utiliza-lo. Geralmente se refere a taxas nominais acima do T1 (1.544 Mbps) ou E1 (2.048 Mbps).

O termo Baseband muitas vezes também é usado. Ele pode ser definido como uma transmissão realizada sem modulação. Geralmente quando se exige rapidez de transmissão não existe preocupação com ruídos ou interferências.