Governo de Angola rubrica acordo com a Microsoft

Angola passou, a partir de agora a dispor de uma licença única sobre os produtos da Microsoft, no âmbito de um acordo estratégico firmado, segunda-feira última, em Ouagadougo (Burkina Faso), entre o Governo angolano e aquela multinacional norte-americana.
O acordo rubricado pelo vice ministro da Ciência e Tecnologia, Pedro Teta e por Steve Ballmer, presidente da Microsoft Corporation, à margem do Fórum Africano das Melhores Práticas de Governação Electrónica, que encerrou ontem naquele país, permite desde já a uma redução dos custos na compra de equipamentos produzidos por aquela empresa.
Durante a cerimónia, Steve Ballmer anunciou a abertura de um escritório da Microsoft Corporation em Angola, que representará todos os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (Palop).
O anúncio da abertura do escritório da Microsoft em Angola, foi recebido pelo vice-ministro da Ciência e Tecnologia com muita satisfação, na medida em que, será o centro dos negócios daquela grande empresa no seio dos PALOP, como também será a primeira multinacional norte-americana a abrir escritórios em Angola, no sector das Tecnologias de Informação.
Foi também anunciada a futura a introdução do português angolano no dicionário de Português da Microsoft.

Presenciaram a cerimónia de assinatura do acordo Ali Faramawy, vice-presidente da Microsoft International e Cheick Modibo Diarra, presidente da Microsoft África.

Fonte: Jornal de Angola.