Abrangência IP e a sumarização de rotas

Existem motivos muito fortes pelos quais voce necessita sumarizar ou agregar rotas. Um factor é que o processo de encaminhamento, introduz uma grande sobrecarga no sistema. Tendo o encaminhador que calcular mais rotas, maior é a sobrecarga. Outro motivo para sumarizar rotas é que ela acelera o processo de convergência em protocolos IGP (Interior Gateway Protocol) como o protocolo EIGRP. Observe a figura abaixo:

Stuck in active

Se o encaminhador 1 perde uma rota ele envia uma mensagem de solicitação e aguarda por uma mensagem de resposta. Quanto maior o numero de encaminhadores a frente de 1, menor é a probabilidade dele receber uma mensagem de resposta em menor tempo e dessa forma convergir rapidamente. Ja ensinamos num artigo anterior como sumarizar rotas. O problema que se coloca aqui é quando estamos em presença de redes algo descontínuas. O gerente do projecto entrega a voce 4 (quatro) rotas e solicita a sua sumarização. Como proceder? O exemplo abaixo dá uma dica sobre o assunto:

An engineer plans to configure summary routes with the ip summary-address
eigrp asn prefix maskcommand. Which of the following, when added to such a
command, would create a summary that includes all four of the following subnets:
10.1.100.0/25, 10.1.101.96/27, 10.1.101.224/28, and 10.1.100.128 /25?
a.  10.1.0.0  255.255.192.0
b. 10.1.64.0  255.255.192.0
c.  10.1.100.0  255.255.255.0
d. 10.1.98.0  255.255.252.0

Como se observa, estamos perante 4 redes algo descontínuas. Qual das seguintes alíneas corresponde a uma rede que satisfaça a sumarização delas?

Uma forma fácil de verificar isso é por fazer uma analise de abrangência. Para isso voce deve lembrar para que serve uma mascara de sub-rede. Ela não apenas serve para indicar o endereço de rede fazendo a operação matemática de AND com um determinado e válido endereço IP, mas também para determinar os limites ou a abrangência da sub-rede.

Repare: Se voce tem uma rede com o endereço 10.0.0.0/8 qual é a sua abrangência? Eu que sou experiente neste calculo digo que é de 10.0.0.0/8 a 10.255.255.255. Como provar? Simples: subtraia a mascara de sub-rede pela mascara todos 1 (255.255.255.255). Fica assim:

255.255.255.255
– 255.  0  .   0. 0
________________
0    . 255 . 255 . 255

Somar (OR) o endereço IP (10.0.0.0) ao resultado da subtração do todos 1 com a mascara de sub-rede:

  10 . 0  . 0   . 0
+ 0 .255.255.255
________________
10 . 255.255.255

Ou seja a rede vai de 10.0.0.0/255.0.0.0 a 10.255.255.255/255.0.0.0.

Respondendo a pergunta destacada anteriormente, voce pode repetir os passos que fizemos agora nas quatro alíneas para obter a resposta. Observe as redes em análise:

10.1.100.0/25, 10.1.101.96/27, 10.1.101.224/28, and 10.1.100.128 /25

Nota-se que a rede mais a direita ou seja com o endereço IP maior é 10.1.101.224/28, logo temos de encontrar uma sub-rede que abranja este endereço. Analisando a alínea d) temos: 10.1.98.0  255.255.252.0. Qual é a sua abrangência?

255.255.255.255 – 255.255.252.0 = 0.0.3.255

Somando: 10.1.98.0 + 0.0.3.255 = 10.1.101.255

Ou seja a sua abrangência vai de 10.1.98.0 a 10.1.101.255.

O endereço 10.1.101.224 está dentro desse intervalo, logo a alínea d) está correcta.

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s