Simuladores para engenharia de telecomunicações.

Simulação é o processo de modelagem de sistemas via um modelo lógico-matemático no qual são conduzidos experimentos que permitem fazer inferências sobre tal sistema. Em outras palavras, simulação é a construção de modelos computacionais que imitam processos ou operações do mundo real.[1]

Que definição!!! Bom, a verdade é que Simulação não é coisa de hoje. Os nazistas já haviam percebido que era importante simular o comportamento mecânico dos seus caças-bombardeiros perante situações de adversa turbulência aerodinâmica:

nazi aerodinamics

Engenheiros Nazistas testam avião em túnel de vento

 

E nós aqui no século 21 espantados com tuneis de vento do ArrivaBene da Ferrari.

Voltando a batata quente. A tecnologia electro-mecânica desenvolveu-se. Surgiu um artefato bem interessante chamado computador, que nada mais é que uma portentosa maquina de multi-calculo. E depois existe essa maravilhosa criação de Deus, Jeová que é o Homem, enquanto ser mais complexo do universo. O ser humano sabe que perturbações climatéricas são difíceis de serem preditas, as probabilidades são pequenas. Contudo, ele sabe que consegue descrever o comportamento de certos tipos dessas perturbações por meio de expressões matemáticas. Ora, se ele pode fazer isso com fenômenos absolutamente aleatórios, seria ainda mais fácil descrever matematicamente o comportamento dum avião e correlaciona-lo com as expressões matemáticas de fenômenos climatéricos. E como são cálculos complexos e que precisam receber entradas e originar saídas do sistema processual, nada mais logico que usar um computador para executar esses cálculos. O ser humano ainda é o melhor calculador, mas o computador é mais rápido.

Ora, isso vem provar que a maior parte dos processos em engenharia podem ser descritos por expressões matemáticas das mais complexas possíveis, e eu não sou matemático digo já. Um exemplo simples: o desvanecimento rápido e/ou lento dum sinal dum receptor radio-GSM pode ser descrito por certas funções probabilísticas apropriadas a cada caso. Mais outro: Os modelos de enfileiramento e buffering da memoria de circuitos electrónicos podem ser simulados em programas escritos em linguagem de computador de alto nível.

No ramos das telecomunicações existe uma amalgama de simuladores. Infelizmente durante nosso tempo na universidade não nos foram introduzidos a maior parte desses. Simuladores de circuitos eléctricos, de antenas, planeamento radio, GSM, comutação de pacotes e circuitos, IP Routing, etc etc.

No vídeo abaixo um funcionário da Riverbed explica como o OPNet Modeler pode ser utilizado para simular o desempenho de Aplicações:

 

Este artigo da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, que descobri em mero ocaso, faz menção de inúmeras dessas ferramentas. Ficamos feliz pelo facto do artigo ter o nosso blog como fonte de informação, já que mencionou uma matéria que havíamos publicado sobre o simulador OPNet, este que serviu como ferramenta de estudo de caso da minha Monografia a 5 anos atrás.

Fontes

[1]http://blogdaengenharia.com/por-que-e-importante-que-engenheiro-de-producao-aprenda-simulacao/

 

2 pensamentos sobre “Simuladores para engenharia de telecomunicações.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s