Introdução a Voz sobre IP

Ao contrário dos sistemas de telefonia pública em comutação de circuitos, a tecnologia  de voz sobre IP VoIP(Voice over IP) utiliza a comutação de pacotes para a transmissão de voz. A voz acústica é digitalizada e embutida num pacote VoIP. O VoIP utiliza datagramas[1] IP para o transporte dos pacotes. O cabeçalho dum pacote VoIP é ilustrado na figura a seguir:

cabecalho voip

Cabeçalho VoIP

Notemos que o cabeçalho depende do tamanho do Codec de voz, mas apenas sem o tamanho o mesmo já tem 40 bytes[2]. O Codec G.729 sem compressão, possui 20 bytes. Isso faz com que o pacote possua 60 bytes, uma sobrecarga desnecessária no ambiente de voz. Mais adiante falaremos de técnicas para controlar estes inconvenientes.

O protocolo TCP (i.e. Transport Control Protocol) não é recomendado para esse transporte, porque é um protocolo com garantia de entrega que baseia-se na confirmação do emissor e retransmissão em caso de perca de pacotes. Essa retransmissão pode acarretar problemas de atraso na comunicação, num ambiente que necessita de ser totalmente interactivo.

O protocolo UDP (i.e. User Datagram Protocol) ao contrário não possui garantia de entrega de pacotes e possui um cabeçalho menor em relação ao protocolo TCP. A figura abaixo ilustra como é feita a conversão da sinalização da voz da rede de comutação de telefonia pública para sinalização da rede de comutação em pacotes e sua transmissão:

Mudança de sinalização VoIP

Pela figura acima, um terminal realiza uma chamada a uma rede remota utilizando a rede global conhecida como Internet. A Gateway[3] atrás da Internet realiza a conversão da voz em comutação de circuitos para comutação de pacotes e a Gateway do outro extremo realiza conversão de sinalização inversa, isto é de pacotes para circuitos.

Nos Backbone’s na Internet é necessário garantir que o atraso seja o mais constante possível e não exista variação de atraso de modo a garantir uma comunicação com qualidade. Por isso são necessárias técnicas de Engenharia de Tráfego e Qualidade de Serviço, conforme veremos nos capítulos a frente.


Fonte: BAIÃO, Nataniel [Implementação duma rede Voz sobre IP num ambiente Multi-Serviços: Usando ambiente de simulação por computador para projectar Qualidade de Serviço, UCAN]

[1] Informação sendo transportada na camada de transporte do modelo OSI

[2] 1 byte equivale a 8 bits

[3] Dispositivo de fronteira entre redes e/ou tradução de protocolos.

Um pensamento sobre “Introdução a Voz sobre IP

  1. Pingback: Determinaçao do consumo de débito binário em Voz sobre IP | Switching News Network Angola (SNN Angola)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s