O que sao: CSU/DSU, DTE e DCE?

Bom. Realmente com a falta de laboratórios e muita teoria, não raro muitos estudantes de networking aprendem conceitos teóricos e deixam de lado teorias importantes. Um técnico ou engenheiro não pode mais usar termos populares. Tem de entender os termos técnicos e saber usa-los quando for vender o seu ‘peixe’.

DTE – Data Terminal Equipment ou equipamento de terminação de dados. Como o nome diz é o equipamento onde os dados terminam e onde também podem ser iniciados. Um DTE pode ser um computador, ou um roteador. Geralmente este dispositivo prepara a informação a ser enviada/recebida a linha de comunicação pelo usuário.

DCE – Data Communications Equipment, Data Circuit-terminating Equipment, como o nome o diz é o equipamento responsável por realizar a comunicação dos dados. Isto pode fazer alguma confusão se pensarmos num roteador do outro lado a servir como DCE como muitas das vezes pensamos.  Na verdade o DCE serve para realizar algumas tarefas importantes na transmissão de dados entre dois dispositivos como determinar a frequência de clock, a determinação dos erros de transmissão  e a codificação, enfim a definição de como se envia e como se recebem os dados. Isso significa que um DCE pode ser um dispositivo ligado directamente ao roteador ou uma interface com estas capacidades.

A razão porque você precisa de um DCE tem a ver com a mesma razão porque você precisa dum cabo crossover para ligar dois computadores directamente sem necessitar dum comutador. É necessário saber como (e que pinos tratando-se de cabos seriais) se enviam os dados, e o DCE trata disso automaticamente. Por isso é que nos laboratórios Cisco você pode usar um cabo serial padrão V35 para fazer isso:

Mas note que em se tratando de comunicação entre um computador e um modem num caso em que se usa ADSL o computador é o DTE e o modem o DCE, pelas razoes já definidas antes: Alguém precisa de dizer como os dados são transmitidos.

CSU/DSU – Está aí um termo que faz confusão a muito boa gente. Channel Service Unit/Data Service Unit como o nome sugere é um equipamento que diz ao DTE dum lado e o DCE do outro para se ‘casarem’ :

Um dado importante é que hoje em dia muitos roteadores vêem equipados com CSU/DSU nas suas interfaces WIC de modo que não mais é necessário usar um separado. De modo que a tarefa de ligar um roteador a um circuito digital tal como a uma hierarquia PDH/E1, ou a um link ponto a ponto ligado a um provedor de serviços, não precisa mais de um CSU/DSU separado do roteador como este da figura acima.

16 pensamentos sobre “O que sao: CSU/DSU, DTE e DCE?

  1. Nataniel Baiao
    Esse teu Bloq é muito fixe descubri sem querer quando estava a fazer uma pequisa no google sobre redes

    Esse post tirou uma das duvidas q eu tinha, se puderes coloca so um post sobre nuvem isp, como simular a coneccao entre uma nuvem Isp e uma rede local

  2. Nataniel Baiao
    Esse teu Bloq é muito fixe descubri de forma inocente quando estava a fazer uma pequisa no google sobre redes

    Esse post tirou uma das duvidas q eu tinha, se puderes coloca so um post sobre nuvem isp, como simular a coneccao entre uma nuvem Isp e uma rede local

  3. uhm , concordo , e bastante importante que um profissional de redes perceba bem esses termos , muita da vezes acho que ele fica de fora porque em termos de configuracao e uso , na maior parte dos casos sao mais as provedoras de internet, ou responsavel pela infrastrutura que lidam com isso. CSU/DSU sao os equipamentos que convertem a informacao digital dos computadores, e prepara ele pra ser transmitido em um canal/Sistema de transmissao de Telecomunicacoes(E.g : SDH / PDH / SONET ) , ao passo que as DTE(Data terminal equipment ), e mais ou menos o ponto de terminacao do circuito , e DCE(Data communication Equipment) , providencia o clock speed necessario pra a sincronizacao dos Dados ….

    A cisco , ensina no seu programa CCNA acredito , que numa parte da conecao em WAN deve ter uma DTE e uma DCE, um terminal e um sincronizador ..caso contrario podes ate mesmo te matar em configurar bem os protocols de roteamento(EGPs) Tudo sera invalido , nao sera possovel ter um link entre ambas partes.

    Acredito que normalmente as ISPs tratam desses equipamentos, ja a configuracao sincronizacao e o clock speed no DCE , e feito mesmo atravez do roteador usando os comandos do IOS .

    sh controller serial 1 – determina se o router esta agindo como DCE ou DTE !

    (config-if)#clock rate 6400 – coloca o DCE a roda em 6400 bps(bits por segundo)

    outros comandos uteis :

    sh controller t1 – mostra o estado das linhas T1 .

    NB: sh e o diminuitivo de show comand … e os outros comandos como podem ver devem tem de ser rodados no modo de configuracao da interface (Serial)… e algo simples mais de maior importancia.. e como disse acim muita gente usa mas desconhece o “porque” do seu uso e critico…

    • Olá.

      Olha: Querias dizer 64000 bps (64 kbps)? .

      Outra coisa: Se voce tem uma linha T1, porque nao usar 1.544 mbps?

      Outra coisa: Pensava que se usava hierarquias E(x), (E1, E2, etc) em Angola. Também se usa o padrao americano?

      Obrigado pelo comentario.

  4. o que eh uma CONTROLLER e porque tem circuitos que tem controller.. e circuitos que nao tem controller ?

    eh melhor ter controller ou melhor nao ter ? se eh melhor ter..entao porque todos ja nao sao instalados assim ? caso nao faca diferenca.. entao porque ter 2 padroes ?

  5. O DTE normalmente diz respeito aos dispositivos finais num segmento de rede o Data Terminal Equipment est]a associado ao CSU/DSU .O Clock rate é aquele que se encontra na camada fisica para fazer a transição dos impulsos eléctricos em bytes descodificando-os em 1´s e 0´s,para depois aumentar ou diminuir a largura de banda 56000kbps ou 64000kbps.Basicamente é através do service provider que a largura de banda é configurada através do acesso á rede intranet ou internet e o dispositivo final que pode ser acessado através de um modem.
    Espero que tenha ajudado .

    Boa sorte!

  6. Nataniel Baiao
    Esse teu Bloq é muito fixe descubri de forma inocente quando estava a fazer uma pequisa no google sobre redes

    Esse post tirou uma das duvidas q eu tinha, se puderes coloca so um post sobre nuvem isp, como simular a coneccao entre uma nuvem Isp e uma rede local

  7. Pingback: Cabos | Laboratório Cisco

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s