VTP: Vlan Trunking Protocol IV

Na 3ª parte deste artigo vimos como sao compostos os diferentes cabeçalhos VTP. Chega de Teoria, o objectivo agora é ver na prática como isso funciona. Suponhamos a seguinte rede (Peguei esse diagrama na net, ando sem tempo p/ diagramar:)

O objectivo é criar 3 vlans: 10, 20 e 30 no comutador em estado Server S1 de tal modo que as mesmas sejam propagadas aos comutadores S2 e S3 em estado Client.

Os comutadores podem ser da linha dos 2960 ou 3560 (se alguem tiver um desses, por favor me conceda apenas 30 minutos nele.)

É sempre preferencial posicionar um 3560 como VTP Server e alguns 2960 como VTP Clients.

As configurações em S1 são as seguintes:

– Setar um dominio VTP (importante que seja o primeiro passo)
– Setar uma password para permitir a autenticação na troca de dados entre trunks.
– Criar as Vlans (no nosso caso, a 10 – management, a 20 – it, e a 30 – humanresources:)
– Se necessario confirmar as interfaces que ligam a S2 e S3 como trunk (se nao estiverem no estado de negociação)

S1(config)#vtp domain snnangola.com
Changing VTP domain name from NULL to snnangola.com
S1(config)#vtp password snnangola
Setting device VLAN database password to snnangola
S1(config)#vtp mode server
Device mode already VTP SERVER.
S1(config)#vlan 10
S1(config-vlan)#name management
S1(config-vlan)#vlan 20
S1(config-vlan)#name it
S1(config-vlan)#vlan 30
S1(config-vlan)#name humanresources

Em S2 e S3:

– Setar um dominio igual ao de S1.
– Setar uma password igual a de S1.
– Colocar no estado/modo Client.
– Colocar as interfaces que ligam a S1 em modo trunk.

S2

S2(config)#vtp domain snnangola.com
Changing VTP domain name from NULL to snnangola.com
S2(config)#vtp password snnangola
Setting device VLAN database password to snnangola
S2(config)#vtp mode client
Setting device to VTP CLIENT mode.

S2(config-if)#switchport mode trunk

%LINEPROTO-5-UPDOWN: Line protocol on Interface FastEthernet0/1, changed state to down

%LINEPROTO-5-UPDOWN: Line protocol on Interface FastEthernet0/1, changed state to up

S3

S3(config)#vtp domain snnangola.com
Changing VTP domain name from NULL to snnangola.com
S3(config)#vtp pass
S3(config)#vtp password snnangola
Setting device VLAN database password to snnangola
S3(config)#vtp mode client
Setting device to VTP CLIENT mode.

S3(config-if)#switchport mode trunk

%LINEPROTO-5-UPDOWN: Line protocol on Interface FastEthernet0/2, changed state to down

%LINEPROTO-5-UPDOWN: Line protocol on Interface FastEthernet0/2, changed state to up

Uma analise a vlan.dat em S2 revela a existencia das VLans 10, 20 e 30 nestes comutadores, apesar de terem sido configuradas em S1:

S2#show vlan brief

VLAN Name                             Status    Ports
---- -------------------------------- --------- -------------------------------
1    default                          active    Fa0/2, Fa0/3, Fa0/4, Fa0/5
Fa0/6, Fa0/7, Fa0/8, Fa0/9
Fa0/10, Fa0/11, Fa0/12, Fa0/13
Fa0/14, Fa0/15, Fa0/16, Fa0/17
Fa0/18, Fa0/19, Fa0/20, Fa0/21
Fa0/22, Fa0/23, Fa0/24, Gig1/1
Gig1/2
10   management                       active
20   it                               active
30   humanresources                   active
1002 fddi-default                     active
1003 token-ring-default               active
1004 fddinet-default                  active
1005 trnet-default                    active

Então é isso aí. Temos visto muitas redes sem VLans em grandes instituições. O resultado disso é o aumento da insegurança na transmissao dos dados, problemas de tempestade de broadcast, atrasos nas transmissões, etc. Segmente a sua rede, crie vlans que o controle será maior, tudo será facilitado na hora do troubleshooting.

3 pensamentos sobre “VTP: Vlan Trunking Protocol IV

  1. E a 1ª vez que eu entro nesta pagina estou tão contente por encontrar o que eu procuro, estou a fazer pesquisa sobre a minha monografia fala sobre protocolo de roteamento.
    Se puder me dar alguma sugestão neste trabalho pessoal agradecia.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s