Telefonista foi condenado por fazer chamadas piratas

O Tribunal de Polícia condenou ontem, em Luanda, Cardoso José acusado de crime contra as telecomunicações.

O réu em sua defesa disse que só estava a controlar a “casa de chamada” que são as cabines telefónicas onde os “telefonistas” vendem telefonemas à custa da Angola Telecom.

“O dono da casa de chamada é o meu amigo, mas ele foi embora e eu é que fui apanhado”, disse o réu Cardoso José. Para mostrar que é bom cidadão, o “telefonista” contou à meritíssima juíza que o preço das chamadas para o estrangeiro, depende do país. “Por exemplo, se os clientes quiserem falar para França, cobramos 40 kwanzas por minuto”.

O agente da Polícia Económica que apanhou o “telefonista” em flagrante delito, Cardoso José estava num quintalão do Bairro Hoji ya Henda, e na altura da detenção foi encontrado com dois telefones fixos, um aparelho que usa para piratear as chamadas e um aparelho de contagem.

Cardoso José foi condenado a dois meses de multa à razão de 50 kwanzas por dia, mas na condição do pagamento imediato. Foi ainda condenado a pagar uma taxa de justiça no valor de 13 mil kwanzas e 250 a favor do defensor oficioso.

Pelo mesmo crime, foi absolvido Adriano Muculayanga porque não houve matéria de prova dos factos .

fonte: JA

3 pensamentos sobre “Telefonista foi condenado por fazer chamadas piratas

  1. Infelizmente o nosso código penal é da era colonial, não existiam Crackers, Phreakers nem coisa parecida.A questão certa agora é: o que falta para mudarem isso? Vontade,ou uma desgraça acontecer ?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s