Telecomunicações disponibiliza serviços do projecto Infrasat em 2009

Luanda – O Ministério das Telecomunicações e Tecnologias de Informação procede em Janeiro de 2009 ao lançamento comercial dos serviços do Projecto de Telecomunicações Via Satélite de Apoio Multisectorial (Infrasat).

O facto foi anunciado hoje (segunda-feira), em Luanda, pelo ministro das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, José Carvalho da Rocha, durante a cerimónia de cumprimentos de fim de ano ao seu pelouro.

Ao discursar no acto, o governante referiu que este ano o sector por si dirigido atingiu importantes metas como a inauguração da Infrasat, que, entre outros, fornecerá o serviço NetSat, o qual permite o uso do telefone e da Internet nos sítios mais recônditos.

Mencionou igualmente que, durante o ano em curso, o Ministério das Telecomunicações e Tecnologias da Informação conseguiu informatizar os balcões dos correios, assim como a abertura de cyber-centros apoiados no projecto Itelnet.

A continuidade, acrescentou, da evolução positiva do acesso aos serviços de telecomunicações, sobretudo através do contributo das operadoras de serviço móvel, bem como na aderência da população aos serviços de banda larga, foram outras das metas alcançadas pela sua instituição.

Adiantou que para 2009 outras das premissas do seu pelouro será o estabelecimento do livro branco das telecomunicações de informação e comunicação, tendo realçado que o mesmo deverá constituir um desafio a classe e um guião para o desenvolvimento do sector nos próximos anos.

De acordo com ministro José Rocha, o novo livro branco do Ministério das Telecomunicações e Tecnologias da Informação deverá definir claramente o papel dos órgãos do Estado, das empresas operadoras públicas e privadas e dos usuários.

Sublinhou que quanto a meteorologia, o conhecimento do tempo e do clima deverá constar do dia-a-dia do ministério, salientando que o Instituto Nacional das Telecomunicações (Inacom) deverá dotar-se de capacidades técnicas e humanas para a regulamentação do mercado, onde a aparição de novos actores deve ser facilitada.

Segundo disse, em 2009 o ministério continuará a desenvolver acções para a melhoria dos recursos humanos, a nível médio, através do Instituto de Telecomunicações (Itel), quer em formação superior com a criação do Instituto Superior Tecnológico para as tecnologias de Informação e Comunicação.

Para o ministro, é importante desenvolver um amplo trabalho com os diferentes organismos públicos e privados, assim como a promoção do investimento privado, através do asseguramento de uma participação activa do empresariado nacional.
Fonte: Angop

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s