Angola Telecom instala rede na província de Benguela

Angola Telecom está a instalar em toda a extensão da província de Benguela uma nova rede de cabos (cobre e fibra óptica) de telecomunicações, para servir todas as localidades daquela região do litoral angolano, no âmbito do projecto “Oil Credit”, a cargo da empresa chinesa, CMEC.
A operação iniciou com a colocação de condutas nas travessias das principais artérias das cidades (Benguela e Lobito), estando prevista a sua conclusão para o segundo semestre de 2009.
Neste momento, segundo fonte da Angola Telecom, os trabalhos de ampliação e modernização da rede fixa, naquela região, beneficiarão em primeira instância as cidades de Benguela e do Lobito, os principais centros urbanos e populacionais da província.

Paralelamente a esta operação nas localidades acima referidas, a operadora nacional de telecomunicações iniciará a instalação da rede de cabos de raiz, prevista para Janeiro do próximo ano, nas localidades de Balombo, Cubal, Chongoroi, Catengue, Caimbambo, Bocoio, Ganda e Alto Catumbela, estando prevista a sua conclusão para o segundo semestre de 2009.

Os trabalhos de instalação da nova rede de cabos, em Benguela e no Lobito, irão conferir maior qualidade ao desempenho das centrais digitais, devendo esta operação estar concluída na sua totalidade no decorrer do segundo semestre do próximo ano, segundo garantias dos técnicos envolvidos na operação.

As novas centrais instaladas na província de Benguela estão equipadas com tecnologias de ponta, com todos os serviços, principalmente o pré-pago e o serviço de Internet de banda larga (ADSL), que as antigas centrais de marca “Ericsson” não ofereciam, segundo a fonte.

Além da instalação da rede de cabos, a operadora nacional de telecomunicações está também a proceder à instalação de uma nova rede de telefones sem fios, sendo já uma realidade em Benguela, Lobito e Ganda, esta última, em fase experimental.
Com uma capacidade actual de sete mil 680 linhas, na cidade de Benguela (capital da província), Lobito vem a seguir com uma capacidade instalada de seis mil 912 linhas.

Na comuna da Catumbela, a Angola Telecom instalou uma central com capacidade de mil 564 linhas, vindo a seguir o bairro da Bela Vista com a mesma capacidade instalada e a Baía Farta com mil e 24 linhas postas à disposição da população.

Estas capacidades sofrerão alterações com a entrada em funcionamento da nova central (NGN) e as suas unidades remotas de assinantes, de acordo com a demanda actual na província, onde se prevê o equilíbrio dos serviços de voz e dados (ADSL), com a entrada em serviço, em Benguela, Lobito Catumbela, Bela Vista e Baía Farta, prevista para o mês de Fevereiro do próximo ano.

Fonte: JA

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s