A morte do chip de Silicio

 

O grande problema dos chips de silicio com que sao fabricados os processadores de hoje tem que ver com o seu tamanho que precisa diminuir para aumentar a sua frequencia de operação, ou seja quanto maior a area ocupada pelo numero de transistores, menor será a capacidade de frequencia ou processamento (transmissao de sinais electricos) entre os transistores. Por essa razão ao longo do tempo, o tamanho dos chips foi diminuindo rapidamente até que se chegou a um nivel de transistores com tamanho de 0.18 mícron.

Como se poderia resolver esta situação? Diminuindo até o maximo possivel o tamanho dos transistores e aumentando o seu numero. Adicionar ou duplicar as camadas de chips como aliás fazem agora os processadores da linha Core.

Radicalmente falando e é aí onde entra a historia do nosso querido Silicio. Usar tecnologia que está agora em investigação, os nanotubos, os supercondutores e talvez o Graphene.

Fonte: Slashdot 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s